AMD anuncia os novos Ryzen Pro 4000

A AMD anunciou recentemente a sua nova geração de processadores para computadores portáteis, para uso profissional/corporativo, o Ryzen 4000 Pro. Esses são processadores que tem como principal destaque grandes evoluções nas configurações de núcleos e threads.

O topo de gama, Ryzen 7 Pro 4750U, é um octa-core com um total de 16 threads, configuração essa que é o dobro do Ryzen 7 3700U da geração anterior. Além disso, outros modelos da gama também receberam melhorias significativas, com o Ryzen 3 4300U a receber a tecnologia SMT e com isso a alcançar os 8 threads (anteriormente eram 4 threads), enquanto o Ryzen 5 4500U evoluiu de um quad-core para um hexa-core.

Os processadores também receberão melhorias da nova microarquitetura Zen2, com caches mais generosos e a nova litografia de 7 manómetros. Isso resulta num aumento de desempenho por threads, que juntamente com o aumento no número de núcleos, promete trazer um verdadeiro salto em ciclos de trabalho que utilizem varias threads em simultâneo.

Com isso a AMD acredita que será possível entregar aos consumidores profissionais e corporativos, alta produtividade, com modelos Ryzen 5 Pro intermediários a conseguiram rivalizar com processadores como, por exemplo, o Intel Core i7-10510U, o topo de gama de baixo consumo da Intel.

Um dos destaques que a empresa promete para essa geração será o aumento da autonomia. Com a utilização da litografia de 7 manómetros e o uso mais eficiente dos núcleos, a AMD conseguirá deixá-los inativos quando ociosos e ativa-los de maneira praticamente instantânea quando necessário. A AMD estima que os portáteis com processadores Ryzen Pro 4000 terão uma autonomia de até 20 horas de bateria, com algumas variações de acordo com cada modelo.

Por serem processadores pensados para a utilização profissional e corporativo, outro destaque será a estabilidade e a segurança. Os modelos Ryzen Pro vão trazer o “AMD Pro Security”, um conjunto de tecnologias que incluem uma microarquitetura moderna, idealizada para enfrentar os principais tipos de ataques virtuais. Além disso, trará um sistema de encriptação completa de dados na memória RAM e o “Secured-Core PC”, que representará um trabalho próximo da AMD com desenvolvedores de sistemas operativos para garantir um nível elevado de segurança.

Entre os primeiros portáteis a chegarem ao mercado com os novos processadores AMD Ryzen Pro 4000, haverá o novo HP ProBook 435 G7 e 445/455 G7 e a gama Lenovo Thinkpad T14, T14s,X13 e L14 / 15.

Até o momento não foi revelado detalhes sobre os preços, mas o anúncio deverá ocorrer muito em breve, já que os modelos citados acima, tem lançamento previsto para o primeiro semestre de 2020.